Sobre este espaço

Este é um espaço destinado à reflexões acerca da memória, do tempo e de histórias.. Histórias de vida, histórias inventadas, histórias... Um espaço onde a imaginação possa fluir, viajar. Um espaço também para escrever sobre minhas reflexões referentes aos meus estudos sobre arqueologia e antropologia... Antes de mais nada, uma espécie de Diário daquilo que me impulsiona, um lugar para organizar (ou tentar) meus pensamentos.. antes que eles voem por aí.

Boa exploração!

Roberta Cadaval

sábado, 11 de junho de 2011

Diálogos

Gosto de diálogos de luz, diálogos de amor.
Klinamens gerados pelo processo singular.
Processo singular que se faz plural.
Sonhos, cantos, encontros, encantos.
Imagens.
A imagem que sobrepuja o efêmero.
Efêmero instante da saudade.
Saudade fixada pela luz no papel fotossensível.
Sensível-arte.
Arte que transborda pelos poros de processos.
Processos plurais, singulares diálogos.
Diálogos de luz, diálogos de amor.
Extra-amor.

1 comentários:

Sou assim... aqui JasMim! disse...

extra-amor, momento especial...mil bons sentires, Seremos plural...!!

Feliz dia pra essa casal lindo! Do outro casal lindo! ahahah =)

Postar um comentário

O quê estes filmes têm em comum?

O quê estes filmes têm em comum?
"Le fabuleux destin d'Amélie Poulain", "Uma vida iluminada" e "Coisas insignificantes".